• Psicologia no Hospital Evangélico

    Psicologia no Hospital Evangélico

    Psicologa Káthia Braga coordena a equipe de profissionais no HECI

    O Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) é um hospital geral que atende pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), conveniados e particulares há mais de 30 anos com um padrão de excelência devido ao alto grau de competência de seu corpo clínico.

    Além dos mais competentes médicos e enfermeiros, uma talentosa equipe multidisciplinar se encarrega de complementar os atendimentos, conferindo conforto e qualidade aos serviços. Neste ambiente está inserido a psicologia, que trata do diagnóstico, da prevenção e do tratamento de doenças mentais, distúrbios emocionais e de personalidade.

    No Hospital, há três colaboradores que se revezam nos atendimentos dos mais variados setores. Elas contam, desde 2015 com o auxílio de residentes. Atualmente são sete sendo duas no Intensivismo e cinco na atenção ao câncer.  “O objetivo do psicólogo hospitalar é tentar minimizar o sofrimento do paciente e de sua família”, explica a coordenadora do setor, a psicóloga Káthia Braga.  Segundo ela, o trabalho é centralizado no sofrimento e no processo referente ao adoecimento.

    “Cada uma das profissionais tem a sua abrangência, mas estamos sempre dispostas a estar onde nos é necessária”, esclarece a psicóloga e preceptora do Programa de Residência Multiprofissional Ana Arlete Saltori. A abrangência delas dentro do hospital deve ser máxima uma vez que o paciente ou suas famílias podem precisar de um conforto em momentos como o diagnóstico, uma perda ou até mesmo o tratamento em si. “Acreditamos que através de uma escuta acolhedora podemos ajudar o paciente a superar esse momento de crise instalado após a descoberta de alguma patologia ou início de algum tratamento”, explica Káthia.

    Além dos atendimentos nos setores e nos quartos, a psicologia do HECI tem um ambulatório que atende pacientes pré e pós operatórios de mastectomia e também um pós luto para filhos e cônjuges. Um sonho das psicólogas do Hospital que agora é realidade.

    O ramo da psicologia tem crescido muito dentro e fora do hospital. As áreas de atuação deste profissional estão cada vez mais abrangentes e aqui a qualidade só tem aumentando e o reconhecimento tem chegado por parte daqueles que mais entendem: os pacientes. “É maravilhoso ver o sentido na nossa profissão através do trabalho”, comenta Ana Arlete.

    Hoje, 27 de agosto, comemora-se o Dia do Psicólogo e o Hospital Evangélico presta a sua homenagem as profissionais que cuida, escuta, aconselha e está sempre pronto a ajudar!