• O profissional que sabe comer bem

    O profissional que sabe comer bem

    Muito além de um cardápio balanceado, a nutrição é a ciência que interpreta a interação de nutrientes e outras substâncias nos alimentos em relação à manutenção, crescimento, reprodução, saúde e doença de um organismo. Ou seja, se propõe a estudar as propriedades dos alimentos com o objetivo de trazer soluções na promoção da saúde a partir da alimentação.

    O nutricionista tem a importante missão de difundir hábitos como o consumo de alimentos mais naturais, menos industrializados, criando assim um impacto positivo na vida diária da população. É uma profissão que tem tudo a ver com vida saudável, qualidade de vida e consciência a respeito daquilo que a gente come.

    Especificamente, no ambiente hospitalar, compete ao nutricionista fornecer assistência dietética e promover educação nutricional aos pacientes internados. Pacientes hospitalizados necessitam de atenção especial em relação ao seu estado nutricional. É preciso haver equilíbrio entre a ingestão e a necessidade de nutrientes, levar em conta que o ele está em momento delicado e pouco ativo, embora o organismo esteja em processo de recuperação e, portanto, metabolicamente ativo. Nem todos os pacientes de um hospital apresentam inicialmente algum grau de desnutrição, mas durante a internação, esse quadro pode se instalar. É aí que entra a atuação do nutricionista.

    Cabe a este profissional fazer uma triagem que pode identificar os pacientes com perda de peso, redução do apetite ou que necessitem de cuidados específicos com a alimentação. Ele cuida de todo o processo de produção de alimentos e solicitação de dietas, monitora o estado nutricional e garante o cuidado personalizado, sempre atuando com uma equipe multidisciplinar formada por médico, farmacêutico, enfermeiro, assistente social, e outros.

    O nutricionista hospitalar tem um grande desafio que é incentivar o paciente a se alimentar adequadamente, fazendo com que ele entenda a importância da boa alimentação dentro do hospital e depois da alta, para que o tratamento se estenda para sua casa e reduza as chances de reinternação.

    Mas o nutricionista hospitalar não é encontrado apelas na área clinica ou de dietoterapia não. O profissional pode ser solicitado para diversas outras áreas como enfermarias, UTIs, hemodiálise, banco de leite entre outros.

    O Hospital Evangélico possui ao todo 12 profissionais sendo cinco colaboradoras e sete residentes que se dividem nos atendimentos dos diversos setores e também nos mais variados projetos. Uma coisa elas tem em comum, escolheram essa profissão porque  é por meio da alimentação saudável que é possível prevenir e auxiliar o tratamento de diversas enfermidades, contribuindo assim para melhorar a qualidade de vida do paciente.

     

    Neste dia 31 de agosto, celebramos o Dia da nutricionista e o HECI presta sua homenagem a estes profissionais que nos ensina que comer bem não é apenas estética e sim uma questão de saúde.