• Neste sábado tem a I Caminhada Verde

    Neste sábado tem a I Caminhada Verde

    Um assunto muito comentado durante o ano de 2019 foi a causa da Doação de Órgãos. Vimos alguns casos de pessoas que, em vida, manifestaram o desejo de ajudar ao próximo após a sua morte. O menino João Gilberto, de apenas 17 anos, foi um desses casos mais emocionantes e bonitos e tem inspirado muitas famílias a fazerem o mesmo.

    “Mas ainda temos muitas negativas e os motivos são cercados de dúvidas”, afirma a enfermeira Tamara Pagotto, que atua na Comissão IntraHospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes do Hospital Evangélico de Cachoeira de Itapemirim. (CIHDOTT).

    “O assunto é muito sério e precisa da conscientização de todos de que um sim pode salvar muitas vidas”, disse Tamara.

    E, aproveitando que este mês celebra-se o Dia Nacional do Doador de Órgãos – que é no dia 27 – o Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI), juntamente a Santa Casa de Cachoeiro, ao Hospital Materno infantil Francisco de Assis (HIFA) e a Unimed Sul Capixaba estarão promovendo a I Caminhada Verde.

    Será neste dia 28, a partir das 08h30, na Praça Jeronimo Monteiro, em Cachoeiro. As 100 primeiras pessoas que chegarem para participar da caminhada, ganharão uma camisa do evento.

    Segundo a enfermeira Tamara, o objetivo dessa caminhada é “conscientizar a população quanto como ser um doador e homenagear as famílias doadoras.”

    Córneas

    O Hospital Evangélico realiza a captação de órgãos e este ano já conseguiu captar 16 córneas, até o momento, ultrapassando o número de captações feitas em 2018, 14. Seja doador de órgãos, avise sua família. Uma doação pode ajudar a salvar até 10 vidas.