• Investigando OS PULMÕES

    Investigando OS PULMÕES

    Exames de imagem podem auxiliar no diagnóstico do Coronavírus, além de possuírem um importante papel no acompanhamento da evolução dos casos

    Tendo em vista o acometimento dos pulmões em alguns casos mais graves do novo Coronavírus (Covid-19), sendo a Síndrome Respiratória Aguda Grave uma das complicações mais comiuns, os exames de imagem cumprem um importante papel na detecção da extensão da lesão a nível pulmonar dos pacientes enfermos. Estamos falando, em especial, da radiografia e a tomografia computadorizada.

    Segundo doutor Fábio Bortolini, radiologista e diretor da clínica Heci Diagnósticos, em Cachoeiro, esses são exames com maior sensibilidade e especificidade para avaliação do aparelho respiratório. “O raio X é considerado um exame de triagem de fácil acesso e baixo custo. Geralmente é o primeiro exame de imagem solicitado pelo médico no Pronto socorro ou consultório após avaliação clínica do paciente com queixas respiratórias”, relata. “No caso do Coronavírus, a radiografia apresenta alterações quando já há um comprometimento mais amplo dos pulmões”, completa.

    No que diz respeito à tomografia computadorizada (TC), o especialista explica que se trata de um exame mais complexo e não tão acessível como o Raio X. “Felizmente, no nosso município, temos uma disponibilidade muito grande da TC, exame este que tem demonstrado bastante eficácia no diagnóstico da pneumonia causada pelo Covid-19 em pacientes sintomáticos com poucos dias de infecção”, informa.

    De acordo com o médico, o papel desse exame vai além do diagnóstico, sendo muito útil no acompanhamento da evolução do pulmão durante a infecção. Tanto o Raio X como a tomografia precisam ser realizados em clínicas ou centros diagnósticos hospitalares. “Infelizmente, com toda essa mudança na dinâmica social, boa parte das clínicas, se não a totalidade delas estão fechadas, restando os serviços intra-hospitalares para atender toda a demanda da população”, ressalta.

    Os exames de imagem são feitos por técnicos capacitados sob supervisão e orientação do radiologista, o qual os interpreta e fornece o diagnóstico de acometimento pulmonar ou não. Doutor Fábio Bortolini destaca que o principal método diagnóstico do Covid-19 é o teste viral. Porém, sua realização ou não é avaliada de acordo com a disponibilidade de kits, muitas vezes limitando-se aos casos mais graves de acordo com o crescimento da pandemia.

    “Vale ressaltar que todas as informações são muito novas. Da mesma forma que a pandemia evolui, as pesquisas clínicas evoluem junto e novas informações chegam todos os dias”, revela doutor Fábio Bortolini. “Sem dúvidas, a disseminação de informação é uma das principais armas para um enfrentamento à altura, possibilitando que o mínimo de pessoas possível passe por essa doença e que a gente possa ter condições de ajudar a todos que precisarem”, declara.