• Hospital Evangélico toma medidas de precaução contra o avanço do Coronavírus

    Hospital Evangélico toma medidas de precaução contra o avanço do Coronavírus

    O Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI), diante da pandemia do Coronavírus (COVID-19), tem tomando algumas medidas com o intuito de conter a disseminação do vírus.

    A partir dessa semana, todas as visitas aos pacientes do Pronto Socorro e aos pacientes da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e Unidade Coronariana (UCO) das 18h e também as visitas religiosas e as visitas especiais das crianças, estão suspensas, por tempo indeterminado.

    Aos pacientes internados, nos casos permitidos, em outros setores do hospital, como as enfermarias, quartos particulares e maternidade apenas uma visita por dia nos horários de cada setor e o acompanhante deverá ser fixo, não havendo possibilidade de trocas. Não são permitidos acompanhantes com sintomas gripais.

    O Hospital orienta ainda que pessoas com consultas ou exames marcados, e que apresentem sintomas gripais, deverão fazer contato telefônico com a instituição para fazer novo agendamento. “Os atendimentos nos ambulatórios do HECI não estão sendo desmarcados. Apenas orientamos a evitar vir, se apresentar sintomas de gripe. Por isso pedimos que remarquem”, explica a coordenadora dos Ambulatórios do HECI, Marinete França, que ressalva que quem comparecer, deverá trazer apenas um acompanhante.

    “Independentemente de ser rinite ou sinusite, se a pessoa estiver tossindo ou com secreção nasal, evite comparecer ao hospital, seja para visita, acompanhar ou consultar”, alerta a oncologista Sabina Aleixo, durante transmissão ao vivo nas redes sociais do Hospital Evangélico. Ela esteve respondendo a dúvidas dos internautas ao lado da infectologista Patrícia Vivyane e do médico Adriano Munhões.

    A Dra. Sabina disse ainda que alguns pacientes oncológicos estão no grupo de risco e quando vierem ao hospital, se estiver bem, devem vir sozinhos.

    O Laboratório de Análises Clínicas restringiu a 10 o número de pessoas dentro das salas de espera, tendo as demais que esperar em outro local, tal como já tem acontecido com os usuários de outros setores. A medida é uma forma de evitar o aglomerado de pessoas em ambientes fechado, conforma recomenda as autoridades sanitárias.

    O setor de Hemodiálise suspendeu as consultas presenciais aos pacientes transplantados. “Entretanto, esses pacientes devem manter suas rotinas de exames e quem tiver alguma dúvida acerca dos medicamentos e receitas, deve entrar em contato com nossa secretária”, ressalta o médico nefrologista Vitor Moraes.

    Os Bancos de Sangue e Leite do Hospital estão com atendimentos normais no recebimento de doações, fazendo a triagem necessária e avaliando os casos, como preconiza o Ministério da Saúde. O segundo está priorizando consultas aos bebês recém liberados da UTIN e UADC e remarcando as demais. Porém, a ressalva é a mesma em todos os casos: pessoas com sintomas gripais, não devem comparecer.

    Todas essas medidas são por tempo indeterminado.