• Hospital Evangélico celebra Dia Mundial da Prematuridade com encontro

    Hospital Evangélico celebra Dia Mundial da Prematuridade com encontro

    Na próxima segunda-feira, 11, o Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) promove o grande encontro dos prematuros. Em comemoração ao Dia Mundial da Prematuridade, celebrado em todo planeta em 17 de novembro.

    Todos os anos, este é o grande momento em que as mamães e papais trocam experiências, alegrias, angustias e lembram os momentos difíceis, porém superados com seus pequenos guerreiros. Muitas histórias assim preenchem os corredores do terceiro andar do Hospital. Pais e mães que esperam aflitos a hora da visita, por aquele momento de estarem com seus pequenos guerreiros, por notícias reconfortantes, pela hora de ir embora para casa e começar a vida conforme tinham planejado. “Cada dia é uma vitória para essas famílias, que entregam os seus pequeninos nas mãos de pessoas maravilhosas”, comenta a Dra. Andressa Mussi, cardiopediatra e coordenadora da UTIN da instituição.

    Este ano a festa contará com a presença da pequena Mariah e sua mamãe Aline Rodrigues. Por causa de uma condição de saúde pouco frequente de trombifilia, ela deu à luz com apenas 27 semanas de gestação. A bebê veio ao mundo no dia 30 de agosto de 2019, com 940 gramas, mas chegou a pesar 740. “É muito difícil, ainda mais porque eu já perdi um ano passado de 24 semanas. Você para de viver e passa a viver pelo filho. Mas não há preço que pague ver a evolução dela, dia após dia”, celebra Aline, emocionada.

    Mariah ficou 30 dias na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e hoje já com quase dois quilos, já está na Unidade Alto Dependência Cuidados Neo, (UADC-NEO) prestes a ir para casa. “O restante da família está ansiosa para conhecê-la”, disse a mãe.

    Atualmente, UTIN do Hospital Evangélico possui 15 bebês internados sendo 13 nascidos prematuramente, ou seja, antes de 36 semanas de gestação. “Esses bebês são realmente muito fortes. Eles nos superam, superam toda a medicina. Dá muito orgulho fazer parte disso”, conta Dra. Andressa, que também chama atenção para a importância do contato da família com o prematuro. “O que salva a vida dessas crianças é o amor que emana de todos nós, as mães, os pais e os profissionais por essas crianças”, revela.

    Referência

    O Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim é referência em atendimento à gestante de alto risco, conta com uma moderna Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin) e uma equipe multidisciplinar qualificada no atendimento humanizado.

    Por ano, o Hospital atende cerca de 800 bebês prematuros, sendo que 500 nascem e precisam imediatamente dos cuidados da equipe da UTIN, como foi o caso da Mariah.