• Conheça o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Evangélico

    Conheça o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Evangélico

    Nesta sexta-feira, 15 de maio, comemora – se o Dia de Combate a Infecção Hospitalar. Em tempos de Covid-19, os profissionais e os setores que cuidam especificamente desta área dentro da saúde estão sendo muito requisitados para dar explicações sobre o vírus e a doença que já matou milhares de pessoas mundo a fora.

    Mas você sabe mesmo quem eles são e onde atuam? A equipe do Serviço de Controle e Infecção Hospitalar do Hospital Evangélico explica, em detalhes, as nuances sobre o setor, nesta entrevista exclusiva.

    HECI: O que é o Serviço e porque ele existe?

    O SCIH é o serviço de controle e infecção hospitalar, que existe com o intuito de desenvolver ações com vistas à redução máxima possível da incidência e da gravidade das infecções hospitalares.

    HECI: É obrigatório que todo hospital tenha um?

    Sim. Considerando as determinações da Lei nº 9431 de 6 de janeiro de 1997, que dispõe sobre a obrigatoriedade da manutenção pelos hospitais do país, de Programa de Controle de Infecções Hospitalares.

    HECI: Qual é a composição atual do Serviço?

    Nossa atual composição: duas médicas infectologistas (Dra.Patrícia Vivyanne da G. Cotta e Dra. Nathalia Rico), duas enfermeiras pós-graduadas em controle de infecção, (Iris Cristina e Olivia Lino) duas técnicas de enfermagem (Denise Monteiro e Anna Cristina Gomes e uma secretária (Fabiana Salazar)

    HECI: Falando de números, como a intervenção do serviço tem combatido a infeção hospitalar?

    Entendemos que as infecções hospitalares sempre existirão, mas com as medidas preventivas, boas práticas, controle de antimicrobiano, educação da equipe e intervenção para conter o uso indiscriminado dos antibióticos na luta contra a resistência microbiana é possível uma redução considerável das infecções hospitalares. Os números variam de acordo com as demandas da instituição.

    HECI: O setor realiza constantes treinamentos e capacitações com a equipe hospitalar. Isso é uma exigência do Ministério da Saúde?

    Entre as funções do SCIH, faz parte realizar capacitações do quadro de funcionários e profissionais da instituição no que diz respeito a prevenção e controle de infecções.

    HECI: Nos tempos atuais, gostariam de deixar alguma mensagem especial para o Dia?

    O controle de infecção sempre fez um trabalho voltado para a prevenção das infecções, com foco na higiene correta das mãos e boas práticas dos profissionais. Atualmente, nos deparamos com a necessidade latente da execução dessas tarefas tanto no ambiente hospitalar quanto no dia a dia, com objetivo de evitar a transmissão cruzada e de contato da COVID-19. Nossa mensagem é que desejamos que a partir desse marco histórico para o mundo, que nossos hábitos sejam realmente modificados e que passemos a nos preocupar cada dia mais com a prevenção das doenças com a adesão a práticas simples, como higiene das mãos entre outras.